GM investe US$ 36 mi em centro de design no Brasil

Lista de discussão dos amantes do Chevrolet Corsa de todo o Brasil. Atualidades, curiosidades, dicas, informações, e outras coisas mais sobre o nosso querido carro.
Moderadores: Administradores, Organizadores do Fórum
Responder
Eduardo Sauner
:: Sport ::
Mensagens: 1091
Registrado em: Quinta-feira 06 2003f Novembro 2003 12:13:15 PM
Localização: Cachoeirinha - RS
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I
Contato:

Mensagem por Eduardo Sauner »

O Centro de Design da General Motors da LAAM, que fica no Brasil e engloba América Latina, África e Oriente Médio, passa por um processo de ampliação em suas instalações para atender suas novas responsabilidades dentro da corporação. A idéia é desenvolver, com as áreas de engenharia e manufatura, a partir de São Caetano do Sul (SP), veículos globais.

Desde 2006 o Centro Tecnológico da GM do Brasil, onde está o Centro de Design, tem como missão desenvolver a arquitetura global das novas gerações de picapes médias a ser produzidas pelas fábricas da empresa no mundo. Nessa ampliação estão sendo investidos, até setembro deste ano, quando as obras ficam prontas, cerca de US$ 36 milhões, tanto no aumento da estrutura física quanto na aquisição de novos e os mais modernos equipamentos, além de contratação de novos profissionais.

"O Centro de Design da GM no Brasil terá seu tamanho triplicado, passando dos atuais 3.000 m² para 9.150 m² de área construída", diz Carlos Barba, diretor de design da GM para a divisão LAAM. Além da área, número de pessoas também será ampliado, de 79 funcionários para 190 profissionais entre o pessoal criativo (designers), de suporte (modeladores digitais), responsáveis pela construção de protótipos (escultores) e administrativo.

No quesito equipamentos, que consumiram a maior parte do investimento, a tecnologia do Centro de Design fica mais evidente. As quatro máquinas de Usinagem de Clay (equipamento utilizado na construção de superfícies físicas geradas a partir de uma imagem gráfica), serão substituídas por 16 máquinas de última geração – mesmo equipamento que está sendo utilizado na GM dos EUA.

Outros exemplos são o novo equipamento de estereolitografia (processo que solidifica camadas de resina foto-sensível por meio de laser, para prototipagem rápida de peças de alta precisão e finalização de superfícies) e renovação do parque tecnológico com padronização global de hardware e software, com duplicação na quantidade de equipamentos. No total são 23 tipos de equipamentos (incluindo hardware e software), entre novas aquisições ou modernizações.

Um dos locais do Centro Design que receberá novos equipamentos é a sala 3D, que já era uma das três mais modernas do Brasil e que agora recebeu máquinas duas gerações à frente, tornando-se a mais avançada do país. "Em nível tecnológico nossos equipamentos estão à altura dos que existem nos EUA, nos países da Europa, enfim, em qualquer lugar do mundo", afirma Barba.

Pioneirismo na sala 3D

A sala 3D (ou sala de realidade virtual) é pioneira na indústria automobilística brasileira. Funcionando há mais de dois anos, permite antecipar a visualização do projeto, em tamanho real, de uma forma muito próxima à realidade, bem antes da produção de um protótipo.

Ela tem sido fundamental para a criação e desenvolvimento de novos projetos e ganhou em importância na nova definição das atividades globais da GM LAAM, pois permite trabalhos simultâneos com outras subsidiárias da GM mundial. Outras novas aquisições do Centro de Design são 16 máquinas modeladoras utilizadas durante o desenvolvimento virtual (interno e externo) até a criação do "sketch", uma representação gráfica significativa do visual dos veículos.


Fonte:
http://www2.uol.com.br/interpressmotor/ ... m22147.shl



Responder

Voltar para “Corsa Clube List”