[DÚVIDA] - É possível fazer a transformação para VHC?

Tudo sobre projetos e preparações de motores (Turbo, Nitro, Blower), etc.
Moderadores: andre pirituba, SemControle, Organizadores do Fórum
Responder
wevertonvb
:: ST ::
Mensagens: 857
Registrado em: Quarta-feira 16 2005f Fevereiro 2005 11:58:47 PM
Localização: Brasília - DF
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagem por wevertonvb »

jhbauer escreveu:Opa blz!

Bom todos nos aqui estamos tentando nos ajudar na medida do possível, pois varias cabeças pensam melhor que uma não é?

Como falei mais cedo, achei o esquema da minha injeção e coloque ele tbm.

Bom, a explicação de o por quê não utilizar minha injeção no motor GM 1.8 flex com taxa de 10.5:1 somente para gasolina ainda não me convenceu, pois foi dito que não pode ser usada porque não tem sensor de detonação! Mas minha injeção tem!!!

A não ser que o esquema que eu tenho esteja errado... olhem só abaixo

DELPHI MULTEC- IEFI- 6

CORSA MPFI 1.0/1.6

SISTEMA DE INJEÇÃO ELETRÔNICA DELPHI MULTEC IEFI-6

Este sistema foi desenvolvido especialmente para GM é um sistema tanto monoponto como multiponto.

Este é um sistema sofisticado, ele mantém o motor funcionando nas melhores condições.

É um sistema que possui autodiagnose própria possui através dos códigos de falhas localizar defeitos sem a necessidade de um SCANNER. Sempre que a lâmpada de advertência se acender será indicação que o sistema apresentou defeito gravado na memória.

A CENTRALINA UTILIZA AS SEGUINTES LEITURAS.

1 - Sensor de detonação.
2 - Sonda lambda relação ar combustivel.
3 - Chave liga/desliga do ar condicionado.
4 - Velocidade do veiculo Km/h.
5 - Tensão do sistema elétrico.
6 - Posição da borboleta do acelerador.
7 - Temperatura do liquido de arrefecimento.
8 - Pressão absoluta do coletor de admissão.
9 - Rotação do motor.
10 - Posição da árvore de manivela.

A CENTRALINA É O CORAÇÃO ELETRÔNICO DO SISTEMA CONTROLA OS SEGUINTES COMPONENTES.

Relação ar/combustivel e quantidade injetada de combustivel.
Ângulo de permanência e de avanço da faisca.
Rotação da marcha lenta.
Acionamento do ventilador do sistema de arrefecimento.
Corte de combustivel durante desaceleração.

Procurem no desenho abaixo na coluna da direita a sigla "A1".

Imagem

Bom, vocês podem ver que uma das 1ª leituras que esse modulo de injeção utiliza no seu gerenciamento é o "Sensor de detonação" e ai por diante...

É por isso que eu estou aqui dialogando com vocês para ver se é possível utilizar meu modulo de injeção e periféricos nesse motor 1.8 flex 10.5:1 de taxa.

Mas quero lembrar e pelo que eu percebi vocês não me entenderam bem, pois talvez eu tenha me explicado mal. Eu só vou comprar o “bloco do motor” , com pistão, cabeçote, virabrequim bielas, todo ele montado, mas sem os periféricos, sem coletor, sem borboleta, nada...

SemControle vou responder suas perguntas:

“o motor tem q ter nota e baixa do chassis.”
A nota ele vai ter pois vai ser comprado em uma agência autorizada GM.
É impossível ter baixa do chassi desse motor pois ele nunca esteve em um carro antes, como eu falei lá encima no meu primeiro post, ele é ZERO KM, nunca foi usado.

“vc precisa legalizar esse motor no seu carro”
Legalizar e fácil, já me informei sobre isso.

“vc corre o serio risco de precisar fazer uma retifica no seu novo motor...”
Como eu vou correr o risco de ter que fazer uma retifica em um motor que nunca foi utilizado?
Ele é zerado, deve ter sido ligado só na fábrica e nunca mais...

“sobre a borboleta eletrônica do flex,”

Ai está um ponto que eu tenho dúvida. Eu quero usar tudo do meu motor 1.6 nesse motor 1.8flex, coletor de escapamento e admissão completos, dutos de água, mangueiras em geral, bom tudo do meu bloco 1.6 no bloco do 1.8!
Não vou usar nada do flex nele!

Eu só preciso saber se a furação e os encaixes vão combinar?

Mas sim, é praticamente impossivel fugir do remapiamento...

E tenho que concordar com vc “SemControle”, esse motor 1.6 MPFI da GM, eu tiro o chapéu! Anda muito e é econômico, se não pisar é lógico...

Abraço

Josias H. Bauer
Josias, procura pela especificacoes da injecao Multec B22, que eh a do corsa 1.6 mpfi, mas pode ter certeza, ela nao trabalha com sensor de detonacao.

Mas como disse la em cima, pode usar o motor parcial com essa injecao mesmo, use os coletores, corpos de borboleta, sensores, etc do seu atual motor, a furacao eh a mesma. Tenho o cabecote dos 1.8 roletado no 1.6 usando todas as outras partes do antigo cabecote, cabe normalmente.

Para resolver o problema de taxa alta, vc pode optar por usar somente gasolina podium, ou adicionar uma certa quantidade de alcool a mais na gasolina, ou fazer uma junta de cabecote mais grossa, alem de atrasar um pouco o ponto, ja que tera que remapear de qualquer jeito.

Nao sei se o custo que vc tera com isso sera menor do que retificar e abrir para 1.7 ou trocar tb o vira e fazer 1.8, mas pode crer que da para fazer o que vc quer sem dificuldade, so esquece o sensor de detonacao ou troque sua injecao.



jhbauer
:: Wind ::
Mensagens: 24
Registrado em: Sexta-feira 10 2009f Abril 2009 07:34:47 PM
Localização: Novo Hamburgo - RS
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagem por jhbauer »

SemControle escreveu:tem coisa errada ai
a injecao do corsa EFI é totalmente diferente da injecao do corsa MPFI
a injecao MPFI essa da imagem, se aplica a outros carros, a imagem é dela completa, com tudo q pode ter....nao significa q onde se usa tem todos os "opcionais"
a multec 700 se apresenta pelo menos em 3 formas C22NE: Omega 2.2; B22NZ: S10/ Blazer; B10NE/ B16NE: Corsa 1.0/1.6 MPFI. (de um bico na blazer aos 4 bicos desse omega)
o sensor de detonacao na linha dos corsas entre outros F1 veio aparecer depois da primeira leva de VHC gasolina q pre detonavam tudo.....
vc pode usar sua injecao com esse motor 1.8, mas simplesmente vai ter q tirar muito ponto pra andar na gasolina, sem reprogramar nao vai servir....e pra montar um motor taxado assim q seja pra queimar alcool....pq a taxa é pra isso

tem mais, vc so vai saber o valor da retifica abrindo o motor, e ja q consegue um motor parcial direto na GM tao barato, vc consegue miudezas usadas na retifica, afinal nao se espera perda total no motor, retifica normal e simples nada de outro mundo, a MO da retifica sera menor q da troca do motor, nao acredito q compense essa troca de motor ao inves de uma retifica
Opa blz.

Mas SemControle meu corsa é MPFI, ele tem 4 bicos e esse é o desenho da minha injeção, é o multec 700/ B16NE.
Eu tbm sei que esse módulo é o mesmo que equipa o Omega 2.2 gasolina e alcool, tbm com 4 bicos
Ele tbm está na S10 2.2 e blazer 2.2 com 1 bico só e na Pick-up corsa 1.6 com 1 bico só.

Eu tenho o desenho de cada uma das versões da multec 700, são praticamente os mesmos, só que em alguns casos existem pinos não utilizados, onde a do corsa mostra que existe o sensor de detonação, mas vou confessar que eu não procurei o sensor em si no motor do meu corsa...

Bom eu vou ver se encontro o fio “amarelo” pra se ele está lá e vou tentar achar o sensor de detonação.

Eu sei que uma retifica completa não sai menos que uns R$2.000,00 +- até mais, só que eu vou pagar menos que isso por esse motor na agência da GM que nunca rodou, pois eu vi o preço eu só ñ disse aqui quanto hehe...

Só uma dúvida, vc acha que 10.5:1 de taxa é muita coisa?
Talvez para gasolina até que realmente ta no limite de uma injeção não sendo FLEX, mas pra álcool é muito pouco no mínimo uns 12:1, minha ex-Marajó 1.6L alccol original tinha mais taxa que esse motor 1.8flex da GM, e era carburada!

Tá vamos mudar um pouco a história, e se você ganhar esse bloco inteiro de motor 1.8 flex, você não tentaria de todas a formar colocar ele?

Lógico que eu não vou ganhar, mas pelo preço é quase isso...

Abraço

Josias Bauer



SemControle
:: Moderador ::
Mensagens: 26366
Registrado em: Sexta-feira 16 2004f Julho 2004 10:53:41 AM
Localização: Santo André - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagem por SemControle »

aki pra nos......
esse 1.8 taxado com gasolina, tirar ponto da central pra queimar gasolina sem detonar, vai ficar mais fraco q o 1.6, alem de ainda ser um motor aspero

se quer tanto a taxa, vc pode conseguir no seu motor, afinal nao to vendo nada condenado q justifique a troca


Rua não é disputa, é convivência.
1929 motor chevrolet 6cil em linha 49cvs
2008 motor ducatti 2cil em v 150cvs

jhbauer
:: Wind ::
Mensagens: 24
Registrado em: Sexta-feira 10 2009f Abril 2009 07:34:47 PM
Localização: Novo Hamburgo - RS
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagem por jhbauer »

wevertonvb escreveu:
Josias, procura pela especificacoes da injecao Multec B22, que eh a do corsa 1.6 mpfi, mas pode ter certeza, ela nao trabalha com sensor de detonacao.

Mas como disse la em cima, pode usar o motor parcial com essa injecao mesmo, use os coletores, corpos de borboleta, sensores, etc do seu atual motor, a furacao eh a mesma. Tenho o cabecote dos 1.8 roletado no 1.6 usando todas as outras partes do antigo cabecote, cabe normalmente.

Para resolver o problema de taxa alta, vc pode optar por usar somente gasolina podium, ou adicionar uma certa quantidade de alcool a mais na gasolina, ou fazer uma junta de cabecote mais grossa, alem de atrasar um pouco o ponto, ja que tera que remapear de qualquer jeito.

Nao sei se o custo que vc tera com isso sera menor do que retificar e abrir para 1.7 ou trocar tb o vira e fazer 1.8, mas pode crer que da para fazer o que vc quer sem dificuldade, so esquece o sensor de detonacao ou troque sua injecao.
Opa blz!

wevertonvb, ajudou bastante em saber que posso colocar tudo do meu motor nesse 1.8.

E agora realmente vcs tinham razão!
O sensor de detonação só tem no Omega e na S-10 com essa injeção , mas será que ñ existe esse pino la na UC sobrando? Ou o programa do chip é totalmente diferente?

Mas na real que eu tenho ou tinha a intenção de trocar o bloco inteiro do motor pelo custo que sairia esse novo, é muito em conta por um motor Zero direto da agência!

E eu ñ tenho nada que reclamar do meu 1.6, só ta queimando óleo em algumas situações e é pra ser os vedadores de válvulas, mas e se ñ for? Por isso eu iria trocar pelo 1.8 pq sei que seria zero e não me incomodaria por muito tempo!

SemControle, tbm não gosto da idéia de se atrasar o ponto pra poder rodar com gasolina, tanto que eu não tenho confiança nesses motores que tem taxa acima de 12:1 e trabalham com gasolina... componentes eletrônicos então sujeitos a falhar a qualquer momento...
Se eu trocar esse motor, só deixaria a taxa pra rodar como se fosse um carro com “tampa rebaixada”, mas meu motor nem ta tão ruim!

Obrigado a todos, vi que tem gente que quer ajudar por aqui.

Abraço

Josias Bauer



SemControle
:: Moderador ::
Mensagens: 26366
Registrado em: Sexta-feira 16 2004f Julho 2004 10:53:41 AM
Localização: Santo André - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagem por SemControle »

sinceramente, tendo 1.6 e ganhando esse bloco, venderia o 1.8

o mapa da injecao é feito ignorando a existencia do sensor, pq realmente nao existe, logo vc pode pendurar o sensor la q nao vai servir de nada

seu motor nem ta tao ferrado pra gastar muito na retifica....
conheco carburado alcool com 15:1 de taxa, do mesmo jeito q pode conseguir taxa no seu 1.6 pode fazer no 1.8 ja q quer tanto montar....e ai roda no alcool, soca taxa, poe sua central, e consegue um cara bom mesmo pra fazer um chip

so lembrando q seguradora tmb nao vai querer aceitar o carro com motor trocado, mesmo estando legalizado e por ai vai, a mesma historia do turbo, dificilimo aceitarem, ou fazem vc desistir $$$$$$$

rodar com 10:1 na gasolina nao é coisa de hj, meu golf é 99/00 com 10,3:1 na gasolina, mas tem o sensor de detonacao e pede podium :), em 2001 ou 2002 q foram nacionalizados esses golfs passaram a rodar com 10,5:1 de taxa, mas é akilo alem do sensor é uma injecao totalmente diferente, onde se trabalha com outros sensores e tudo mais.....um caso totalmente diferente, assim como as centrais do seu carro e do flex, q em 2006 pra frente sofreu nova mudanca, sao sutis, mas ja tem coisa diferente no funcionamento.....

a injecao em si vc pode fazer qq negocio com ela, o detalhe é exatamente a estrategia de trabalho em cada carro, no flex da la alguma coisa, tem uma estrategia pra isso, assim como no seu motor, e tudo isso é diferente, totalmente diferente nos 2 motores ai e centrais, se vc apenas virar seu motor em 1.8 seria facil acertar, as vezes so em trabalhar os bicos daria jeito, agora a taxa q ainda fica nesse meio, nem gasolina nem alcool mata, vc resolve ou vai de junta alta e roda na gasolina, ou rebenta na taxa alta e queima alcool, e nesse caso nao vai te servir um chip pronto de conversao do 1.6 pra 1.6 alcool


Rua não é disputa, é convivência.
1929 motor chevrolet 6cil em linha 49cvs
2008 motor ducatti 2cil em v 150cvs

jhbauer
:: Wind ::
Mensagens: 24
Registrado em: Sexta-feira 10 2009f Abril 2009 07:34:47 PM
Localização: Novo Hamburgo - RS
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagem por jhbauer »

SemControle escreveu:sinceramente, tendo 1.6 e ganhando esse bloco, venderia o 1.8

o mapa da injecao é feito ignorando a existencia do sensor, pq realmente nao existe, logo vc pode pendurar o sensor la q nao vai servir de nada

seu motor nem ta tao ferrado pra gastar muito na retifica....
conheco carburado alcool com 15:1 de taxa, do mesmo jeito q pode conseguir taxa no seu 1.6 pode fazer no 1.8 ja q quer tanto montar....e ai roda no alcool, soca taxa, poe sua central, e consegue um cara bom mesmo pra fazer um chip

so lembrando q seguradora tmb nao vai querer aceitar o carro com motor trocado, mesmo estando legalizado e por ai vai, a mesma historia do turbo, dificilimo aceitarem, ou fazem vc desistir $$$$$$$

rodar com 10:1 na gasolina nao é coisa de hj, meu golf é 99/00 com 10,3:1 na gasolina, mas tem o sensor de detonacao e pede podium :), em 2001 ou 2002 q foram nacionalizados esses golfs passaram a rodar com 10,5:1 de taxa, mas é akilo alem do sensor é uma injecao totalmente diferente, onde se trabalha com outros sensores e tudo mais.....um caso totalmente diferente, assim como as centrais do seu carro e do flex, q em 2006 pra frente sofreu nova mudanca, sao sutis, mas ja tem coisa diferente no funcionamento.....

a injecao em si vc pode fazer qq negocio com ela, o detalhe é exatamente a estrategia de trabalho em cada carro, no flex da la alguma coisa, tem uma estrategia pra isso, assim como no seu motor, e tudo isso é diferente, totalmente diferente nos 2 motores ai e centrais, se vc apenas virar seu motor em 1.8 seria facil acertar, as vezes so em trabalhar os bicos daria jeito, agora a taxa q ainda fica nesse meio, nem gasolina nem alcool mata, vc resolve ou vai de junta alta e roda na gasolina, ou rebenta na taxa alta e queima alcool, e nesse caso nao vai te servir um chip pronto de conversao do 1.6 pra 1.6 alcool
Opa blz.

Pois é sobre colocar o sensor, o hardware está lá, mas o software não vai utilizá-lo, a não ser que eu use o mapa do Omega 2.2 e reprograme para esse 1.8... mas minhas soluções ficam cada vez mais complicadas

Eu só queria colocar esse 1.8 flex da Montana pela questão preço, pois eu não tenho a intenção de trocar o meu motor para ter mais desempenho, até porque eu faço em torno de 1000km por mês de ida e volta do meu emprego, não posso só pensar em desempenho, hoje eu consigo dependendo do meu “pé” fazer 16km/l na estada...

Liguei para agência da GM e perguntei o preço de um bloco completo do corsa 1.6, fica R$ 2.700,00.

Se eu tiver que fazer uma retifica no meu motor, não vou querer fazer meia sola... e se eu tiver que gastar 2000,00 em uma retifica completa eu pego esse 1.6 zero lá da agencia GM, só que ele não está na promoção como o 1.4 e o 1.8 flex, com preços muito bons.

Olha a respeito de taxa, eu também já vi carburado com 15:1, tinha um corsa no Forum sportcarbr que tinha 15:1 também, mas parece que durou só 1 mês hehe, mas rodavam tudo no alcool. O gol GIII 1.0 16v com 69cv que meu pai tinha se não me falhe a memória é 10.8:1 isso pra rodar só na gasolina, o Power 1.0 16v de 76cv tem 11.5:1 de taxa isso lá em 2002 2003 +-, e realmente esta tudo ligado na afinação da injeção.

O pólo que meu pai tem hoje tem o mesmo motor do golf, 1.6 é de 10.5:1, tem 101cv e pra falar a verdade, tenho a impressão de “puxa” menos que o meu corsa. Eu só imagino que possa ser a diferença de peso...

A respeito de se eu pegar esse 1.8 e baixar a taxa talvez se eu deixar ele com 9.5:1 só precisaria colocar os bicos de 1.8 para não deixar a mistura pobre e mexer no mapa, ai ele ate pode ficar bom!!!
Existe alguma junta em especifico pra colocar, já ouvi falar em colocar duas juntas sobrepostas quando o pessoal antigamente convertia os motores a álcool para gasolina que eram carburados lógico,

Eu tenho que pensar muito bem o que vou fazer pois eu não quero colocar dinheiro fora...

Abraços

Josias H. Bauer



wevertonvb
:: ST ::
Mensagens: 857
Registrado em: Quarta-feira 16 2005f Fevereiro 2005 11:58:47 PM
Localização: Brasília - DF
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagem por wevertonvb »

Tinha feito os calculos hj de manha só por curiosidade, se me lembro bem vc precisaria de uma junta de 2,8 mm (dps confiro de novo). As juntas de papel tem 1,3 mm e as juntas do corsa 1.8 tem 1,6 mm são aquelas de tres folhas (externas de "plástico" e a do meio de metal), acho que seria mais interessante usar essa de tres folhas, dai mandaria fazer a do meio de metal com maior espessura (original tem 0,8 mm, teria que fazer uma de 2 mm) e usaria as externas normalmente. Mas teria que checar se uma junta dessa espessura seria resistente o suficiente. Isso para trazer a taxa do corsa 1.8 para os 9,4 do 1.6.



SemControle
:: Moderador ::
Mensagens: 26366
Registrado em: Sexta-feira 16 2004f Julho 2004 10:53:41 AM
Localização: Santo André - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagem por SemControle »

vc ta sendo radical, retifica pra incluir bloco so preparado q uma biela resolve tomar um ar do lado de fora e rasgar o bloco, seu carro nao ta assim, brunimento, aneis, retifica do cabecote, pensando ruim sobre medida de pistao, passe no vira.....

tem onde possa mandar fazer a junta ou fazer o sanduba do wevertonvb, mas é bastante junta, pode nao ser resistente o bastante depois.....

tudo q vc ta querendo pra trocar envolve muitas adaptacoes, alem das adaptacoes vem o custo e ficam as adaptacoes....
ai vc pega a injecao do omega pra trabalhar com o sensor de detonacao, e tem q se matar no code depois, nao sei se é igual do golf dentro da central, ou se é fora, mas tem ligacoes....sem contar q pegar a central do omega vai ter q pegar chicote, ou fazer mais uma adaptacao apenas pro sensor de detonacao
conhece a verdadeira bola de neve, é isso q vira com as adaptacoes, uma vai chamando outra....

na minha opiniao se quer montar esse 1.8 q monte com taxa la em cima pra queimar so alcool e sem o sensor de detonacao, mantem sua injecao, mas vai ter q ser um cara bom pra acertar o chip, ai precisa de bomba alcool, partida a frio, sobrer com entre safra...a velha conversa da bola de neve

taxa por taxa tem VHC com 12,6:1 queimando gasolina, agora até onde acreditar q com essa taxa e gasolina rende os 71cvs declarados, vai de cada um, confio bem no sensor tirando ponto atras de ponto e rendendo merequinha desses 71cvs, com uma podium pode ser menos pior, mas nem ela é feita pra tanta taxa, agora coitado de quem pegou a primeira leva q vinha sem o sensor :cry:

golf é pesadao mesmo, na saida é uma jaka, depois q embala e desenvolve vai q vai.....mas eita painel q rouba viu....a relacao motor, cambio, pneu, seria pra dar uns 200km/h reais, ja marcou no painel uns 20% a mais, pra quem acredita em painel é uma festa só


Rua não é disputa, é convivência.
1929 motor chevrolet 6cil em linha 49cvs
2008 motor ducatti 2cil em v 150cvs

wevertonvb
:: ST ::
Mensagens: 857
Registrado em: Quarta-feira 16 2005f Fevereiro 2005 11:58:47 PM
Localização: Brasília - DF
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagem por wevertonvb »

SemControle escreveu:ai vc pega a injecao do omega pra trabalhar com o sensor de detonacao, e tem q se matar no code depois, nao sei se é igual do golf dentro da central, ou se é fora, mas tem ligacoes....sem contar q pegar a central do omega vai ter q pegar chicote, ou fazer mais uma adaptacao apenas pro sensor de detonacao
Injeção do omega para usar sensor de detonação, pode esquecer. Cada motor tem valores diferentes de frequência que o sensor de detonação tem que reconhecer, geralmente o básico para se determinar essa frequência é o diametro do cilindro, mas se fosse só isso era muito fácil, precisa de muitos equipamentos, filtros, horas de testes, etc para conseguir determinar o que é detonação e o que não é. Até hoje não conheci ninguém que fosse capaz de programar isso em oficinas ou em casa, com a perfeição da fábrica. Pondo então o motor em risco.

Estava pensando em substituir a injeção pela MS Racing 2, mas dps de pesquisar muito aqui e fora do brasil, percebi que mesmo hoje já tendo vários equipamentos para auxiliar nessa programação do sensor de detonação, não ficará perto de uma injeção original.

Então, o que eu diria é: ou usa a injeção do 1.8 flex ou esqueçe essa adaptação de sensor de detonação, a não ser que queira se dedicar pra valer no assunto e investir legal em equipamentos, testes, etc e se tornar um dos primeiros homens do mundo a conseguir programar essa função com perfeição fora da fábrica.



jhbauer
:: Wind ::
Mensagens: 24
Registrado em: Sexta-feira 10 2009f Abril 2009 07:34:47 PM
Localização: Novo Hamburgo - RS
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagem por jhbauer »

Opa blz.

Não, a historia de pegar a injeção do Omega essa só uma suposição... podem deixar pra lá, como vocês mesmos disseram vai virando uma bola de neve cada vez maior.

Minha idéia de comprar o motor novo é só de você realmente saber o quem em mãos, pois eu não sei o que já foi feito nele, pelo que eu vi já tiraram o cabeçote fora, pois dava para ver que tinha sido mexido. Agora eu tive que mandar trocar a junta do cabeçote que queimou, e ele começou a queimar óleo, diz o mecânico que é os retentores, mas pelo meu conhecimento é anel também. Ai quando ver já tenho que fazer mais alguma coisa.

Por isso de eu estar pensando em compra um motor zero, assim eu vou desde zero usar o óleo correto, trocar no tempo certo, usar água com aditivo, bom faria tudo que tem que fazer para manter ele sempre perfeito.

Se der certo a adaptação da junta mais alta talvez eu faça, ai já envolve trocar os bicos e mexer no mapa.

Muito obrigado ao colega por ter calculado a altura da junta para “destaxar” o 1.8flex!

Mas por 2700,00 eu coloco um motor zerinho 1.6, eu não me importo de gastar um pouco a mais pra pegar um motor zero, e o meu eu vendo...

É como eu falei, vou pensar bem antes de fazer isso e semana que vem meu corsa fica parado, ai eu vou levar na oficina para que eles me digam realmente as causar de estar queimando óleo.

Abraço

Josias H. Bauer



Responder

Voltar para “Projeto e Preparação”