Troca da junta da tampa da carcaça do comando de válvulas

Faça você mesmo as instalações e manutenções em o seu Corsa.

Moderadores: andre pirituba, SemControle, Organizadores do Fórum

Avatar do usuário
luciano.well
:: Wind ::
Mensagens: 29
Registrado em: Quarta-feira 09th 2011f Fevereiro 2011 10:51:48 PM
Localização: Belo Horizonte - MG
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Troca da junta da tampa da carcaça do comando de válvulas

Mensagempor luciano.well » Domingo 02nd 2014f Fevereiro 2014 01:30:39 AM

.

Fala gALLera!!!

Tranqs?! Há tempos venho enrrolando para trocar a junta da tampa da carcaça da árvore de comando de válvulas do meu Corsa 1.4 Econoflex 2010/2011, que com pouco mais de 18 mil quilômetros rodados, já apresenta um considerável vazamento de óleo, problema esse considerado crônico em toda a linha GM.

À vista disso, já de posse da nova junta comprada na concessionária Jorlan aqui de minha cidade ao preço de R$ 28,00, como tb, de todas as ferramentas necessárias ao serviço e sob a orientação do manual de reparações do Corsa disponibilizado pela GM no endereço http://www.reparadorchevrolet.com.br/, tirei o sábado para efetuar a troca da junta de forma simples, rápida, e o que é mais importante, da forma correta, com o capricho que provavelmente nenhum mecânico, por melhor que fosse, faria.

Como os passos por mim seguidos podem ser úteis a quem no futuro resolva trocar essa junta por conta própria, decidi abrir esse tópico e fazer um resumão. Se precisarem de alguma informação adicional, basta me perguntar. Abraços a todos!

FERRAMENTAS E MATERIAIS UTILIZADOS
Jogo de soquetes com catraca de 1/2” Tramontina Pro
Jogo de soquetes torx de 1/2" Stanley
Torquímetro Flex-O-Click L120 Gedore
Alicate de pressão de 10” Tramontina Pro
Chave de fenda longa
Desengraxante
Escova dental
Cotonetes
Panos de algodão (já bem usados, para não soltar fiapos)
Água quente

1º Passo
O veículo deve estar frio. Preferencialmente, realize tal procedimento no dia em que o veículo ainda não tenha entrado em funcionamento. Comece por efetuar a limpeza da tampa de válvulas utilizando uma escova dental, desengraxante e água quente. Após a limpeza, seque tudo com um pano de algodão. Lembre-se que qualquer contaminante que venha a entrar no comando de válvulas durante o serviço pode causar uma verdadeira catástrofe.

2º Passo
Remover a as braçadeiras do duto de ar com uma chave de fenda (setas AMARELAS). Em seguida, remover a braçadeira da primeira mangueira com um alicate de pressão e retirá-la do suporte plástico (setas VERMELHAS) e desconectar a segunda mangueira puxando-a manualmente (seta VERDE). Para remover o ressonador, puxe-o verticalmente para cima com as duas mãos (seta AZUL).

3º Passo

Retire os cabos de vela dos suportes e desaperte os parafusos da tampa da carcaça do comando de válvulas com a chave catraca utilizando um soquete torx T30. Mas, atenção: comece o desaperto dos parafusos pelas EXTREMIDADES e termine pelo CENTRO, sempre de forma CRUZADA.

4º Passo

Após a retirada da tampa da carcaça do comando de válvulas, limpe as bordas da carcaça com um pano de algodão e cubra-o para evitar a entrada de contaminantes. Faça o mesmo com o corpo de borboletas para evitar a entrada de corpos estranhos.

5º Passo

Retire a junta velha da tampa e limpe as bordas utilizando um pano de algodão e diversos cotonetes. Após a limpeza, instale a junta nova observando o pequeno dente de sincronismo (seta ROSA).

6º Passo

Encaixe a tampa com a nova junta na carcaça do comando de válvula posicionando-a através da colocação de todos os parafusos, mas apenas encostando-os na tampa, sem apertá-los. Cada parafuso deverá receber um torque de 9 Nm com o uso de um torquímetro de qualidade. Mas atenção: os parafusos deverão ser apertados do CENTRO para as EXTREMIDADES, sempre de forma CRUZADA.

7º Passo

Agora e só encaixar o duto de ar e as demais mangueira e curtir o seu Corsinha sem vazamentos na tampa da carcaça do comando de válvulas!



Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

.


drauron
:: Wind ::
Mensagens: 1
Registrado em: Quarta-feira 22nd 2015f Abril 2015 02:24:17 PM
Localização: Goiânia - GO
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagempor drauron » Segunda-feira 25th 2015f Maio 2015 06:40:02 PM

Massa cara, parabéns pela iniciativa.

Meu medo quanto a esse vazamento canalha, é ter o trabalho e gasto, e a porcaria do vazamento voltar. Conte aí se o seu não voltou. Já vi gente colocando até cola nessa miséria pra estancar esse vazamento.

Abraço


Avatar do usuário
luciano.well
:: Wind ::
Mensagens: 29
Registrado em: Quarta-feira 09th 2011f Fevereiro 2011 10:51:48 PM
Localização: Belo Horizonte - MG
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagempor luciano.well » Terça-feira 26th 2015f Maio 2015 09:06:20 AM

drauron escreveu:Massa cara, parabéns pela iniciativa.

Meu medo quanto a esse vazamento canalha, é ter o trabalho e gasto, e a porcaria do vazamento voltar. Conte aí se o seu não voltou. Já vi gente colocando até cola nessa miséria pra estancar esse vazamento.

Abraço


.

Fala Drauron! Tudo tranqs meu velho?!

Cara... Ainda que eu já tenha vendido o Corsinha (a pior besteira que já fiz na vida, diga-se), continuo fazendo a manutenção nele, já que foi vendido para um grande amigo meu.

Já se passaram perto de 10 mil km após a troca da junta e o vazamento não voltou, indicando que a tampa ainda não está empenada a ponto de uma junta nova não estancar o vazamento. Mas sei que é questão de tempo para voltar a vazar novamente, seja por desgaste da junta e/ou por empenamento da tampa.

Até meu sobrinho de 2 anos de idade sabe que plástico e calor não combinam. Mas os fabricantes insistem (seja por redução de custos ou até mesmo má fé) em utilizar plásticos em contato com superfícies que sofrem grande aquecimento, ocasionando problemas como esse da tampa de válvulas.

Problema similar ocorreu com o Fiesta Rocam 1.6 12/13 da minha namorada, que com apenas 15 mil km rodados já está vazando água pela carcaça da válvula termostática, componente esse feito todo em plástico por onde circula o líquido de arrefecimento e que fica encostado diretamente no bloco do motor.

Estamos mesmo ferrados com toda essa filhadaputagem dos fabricantes...

.


SemControle
:: Moderador ::
Mensagens: 25305
Registrado em: Sexta-feira 16th 2004f Julho 2004 10:53:41 AM
Localização: Santo André - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagempor SemControle » Terça-feira 26th 2015f Maio 2015 01:38:53 PM

acredito q seja poliuretano, o mesmo material empregado nos cabos de panela ;)


Rua não é disputa, é convivência.
1929 motor chevrolet 6cil em linha 49cvs
2008 motor ducatti 2cil em v 150cvs
papaleguas08
:: Wind ::
Mensagens: 31
Registrado em: Quarta-feira 27th 2013f Fevereiro 2013 11:45:13 PM
Localização: Embu - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagempor papaleguas08 » Sábado 12th 2015f Setembro 2015 06:14:05 PM

Pergunta amigos !!!!! Não tenho torquimetro como devo proceder ?


SemControle
:: Moderador ::
Mensagens: 25305
Registrado em: Sexta-feira 16th 2004f Julho 2004 10:53:41 AM
Localização: Santo André - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagempor SemControle » Domingo 13th 2015f Setembro 2015 10:14:37 AM

seria bom tê-lo, mas essa tampa de válvula não requer tanta precisao, precisa apertar pra apertar um pouco a junta e acompanhar se não vai vazar, e não pode apertar muito senão estrangula a junta e vaza da mesma forma....


Rua não é disputa, é convivência.
1929 motor chevrolet 6cil em linha 49cvs
2008 motor ducatti 2cil em v 150cvs


Voltar para “Tutoriais”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante