Dezembro de 1995 - Revista Quatro Rodas - Número 425

Nesta seção, recuperamos a história e a evolução do Chevrolet Corsa através das reportagens veiculadas na mídia especializada. Aqui, você fica sabendo tudo a respeito do carro no ponto de vista de quem entende do assunto. Podem ser encontradas aqui desde reportagens mais antigas até as mais recentes, com todas as informações que foram registradas durante a existência do Corsa. E, cá para nós, foram muitas as atenções prestadas pela mídia ao nosso querido carro.

Moderador: Organizadores do Fórum



Avatar do usuário
Wilson
:: Administrador ::
Mensagens: 2187
Registrado em: Segunda-feira 03rd 2003f Novembro 2003 04:50:44 PM
Localização: São Paulo - SP
Modelo do veiculo: CORSA GSI 16V
Ano de fabricação: 1996
Contato:

Dezembro de 1995 - Revista Quatro Rodas - Número 425

Mensagempor Wilson » Terça-feira 03rd 2010f Agosto 2010 05:20:41 PM

Imagem

CADA COISA EM SEU DEVIDO LUGAR

O Corsa Sedã chega com porta-malas mais espaçoso

Dizer que a família Corsa ganhou outro rebento virou lugar-comum. Afinal, desde que o primeiro Corsa Wind veio à luz, em março de 1994, A General
Motors tem apresentado uma nova versão do carro, em média, a cada três meses. Com o sedã – que QUATRO RODAS flagrou na edição de agosto e, agora,
apresenta em um “Impressões ao Dirigir” – já são sete os modelos da linha. Os outros seis são os Wind e Wind Super 1.0 2p, GSi 16V, GL 1.4 2p e 4p e
picape. E não vai parar por aí. Segundo a montadora, “a disposição é ir em frente”. Logo, podem-se esperar novidades (veja o quadro no final da
reportagem).

Apesar de ter nascido no Brasil – concebido por designers da GM daqui – e ser inédito em todo o mundo, o sedã não nega o parentesco com a Opel alemã.
Ele possui muito em comum com as outras versões da linha. A começar pelo visual simpático, com frente idêntica à dos irmãos. O acabamento interno é o
mesmo, embora apresente a inédita versão GLS (top), mais recheada de equipamentos, além da GL já existente no Corsa 1.4. O caçula, porém, possui sutis
diferenças.

Na traseira, as lanternas lembram as do hatchback de 4 portas, mas são maiores. Já o pára-choque da frente se assemelha com o do GSi 16V. Só que sua
entrada de ar é menor, pois o motor 1.6 de 8 válvulas necessita de menos refrigeração. Além disso, a abertura reduzida melhora a aerodinâmica, embora
seu coeficiente de penetração (Cx) de 0,35 seja igual ao das versões Wind e GL. Um belo perfil aerodinâmico. Em altas velocidades, a carroceria vence
a resistência do vento sem traumas, como se nota pelo silêncio no habitáculo.

A nova versão herda virtudes e defeitos da família. Uma qualidade é a estabilidade, boa em toda a linha. Durante essas “Impressões”, o carro se
mostrou sob controle, mesmo quando se abusava da velocidade. Seu motor é igual ao da picape, mas conta com injeção eletrônica de combustível
multipoint. Gera 92 cv de potência a 5.600 rpm, 13 a mais que o utilitário, que possui injeção singlepoint. A diferença se traduz em desempenho.
Segundo a General Motors, o carro faz de 0 a 100 km/h em 11 segundos e chega à velocidade máxima de 182 km/h. A picape, testada na edição de junho de
1995, atingiu os 100 km/h em 13s53 e 155,3 km/h de máxima. Nos dois casos, as relações de marchas e diferencial coincidem.


Porta-malas espaçoso


A unidade testada, GLS, apresentou os engates de marchas fáceis, mas a direção era dura. A vantagem, porém, é que o carro pode ser comprado com o
equipamento hidráulico, de série na versão GLS e opcional na GL. O modelo testado era pré-série, e não dispunha desse recurso. Outro aspecto ruim,
presente nos antecessores, está no posicionamento dos pedais. O acelerador fica bem mais distante dos pés do que o freio, o que dificulta o controle.
Na hora de parar, o carro estancou sem alterar a trajetória. Conta com discos ventilados na frente e tambor na traseira (ABS opcional no GLS).

Com o mesmo entre-eixos no hatchback (2,44m), o espaço interno é adequado para até quatro pessoas. Há problemas, porém, para acomodar uma terceira
pessoa no banco traseiro – o que pretende a GM, já que instalou ali três cintos de segurança. As fivelas dos cintos ficaram mal posicionadas, o que
causa desconforto aos passageiros. Em compensação, a capacidade do porta-malas pesa a favor: são 390 litros contra 280 litros da versão hatchback,
segundo medição da GM. O espaço para bagagem, aliás, foi uma das preocupações do projeto. O resultado, não se pode negar, satisfez. Para efeito de
comparação, o Vectra Gsi, Eleito do Ano de QUATRO RODAS em 1994, por exemplo, que pertence a um segmento superior, oferece 388 litros em seu
porta-malas, segundo a fábrica. Com este compacto, a General Motors quer agradar ao mercado brasileiro e ao exterior: o sedã será exportado para
China, África do Sul, América Latina e, talvez, Europa.


Jogo de Adivinhação


A General Motors anunciou, em outubro passado, que estava reservando uma surpresa para o mercado. A montadora deu a dica de que se trata de um novo
membro da família Corsa desenvolvido nos estúdios brasileiros. Não disse mais nada. Esta informação, no entanto, estimulou QUATRO RODAS a um jogo de
adivinhação. O que mais poderia sair da plataforma do Corsa, já tão explorada? O resultado está aqui. Agora é só esperar para ver. O primeiro palpite
é que seja um furgão, inspirado no Combo, o utilitário da linha na Espanha. Uma picape cabine estendida também é possível... E por isso é a segunda
suspeita. Que dizer então de uma station-wagon? Com ela, a GM sairia na frente da Fiat, que pretende lançar uma perua derivada do Fiat 178. Por fim,
poderia surgir um conversível, outra versão inédita, que sem dúvida seduziria uma pequena legião de fãs.

Por: Paulo Campo Grande
Fotos: Germano Luders

Imagem
A versão GLS traz pára-choques e espelhos retrovisores na cor da carroceria

Imagem
Internamente, o painel é o mesmo que equipa as outras versões da linha.

Imagem
Já o motor 1.6 traz como maior novidade a injeção multipoint.

Imagem
O banco traseiro é rebatível e bipartido, para facilitar o acesso às bagagens

Imagem
Desenhado no Brasil, o modelo se diferencia dos outros carros da linha pela traseira

Imagem
Possíveis modelos





Voltar para “Reportagens”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

Publicidade