[DÚVIDA] - Ajudem-me Troca de água do radiador e reservatóri

Aqui você poderá tirar todas as dúvidas sobre o sistema de arrefecimento e ar condicionado do Corsa. Manutenção, troca, reparos, compressor, condensador e muito mais.

Moderadores: José Leal, sousaman, leonardo, Bange, Organizadores do Fórum

barachosouza
:: Wind ::
Mensagens: 26
Registrado em: Quinta-feira 21st 2012f Junho 2012 09:34:43 PM
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagempor barachosouza » Sábado 23rd 2012f Junho 2012 03:24:00 PM

valeu,acho q estau fazendo besteira,obrigado


rogdigue
:: Classic ::
Mensagens: 1338
Registrado em: Terça-feira 29th 2004f Junho 2004 06:31:50 PM
Localização: São Paulo - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Re:

Mensagempor rogdigue » Sábado 14th 2018f Abril 2018 10:41:01 AM

barachosouza escreveu:eu costumo colocar um puco de oleo soluvel e um oleo usado em metalurgica, alem de ajudar a resfriar o motor não deixa criar ferrugem no bloco e muito bom, acada 1 litro de agua meia chicara de oleo


Imagem

Tava pesquisando na internet e achei essa citação sobre o assunto, como ainda tenho acesso ao fórum vou deixar aqui a informação atual sem achismos porque eu de fato uso o produto...
Já existe no mercado óleo solúvel de origem vegetal (mamona), totalmente solúvel e estável em água, que pode ser usado no radiador com toda a segurança...
Pra quê: em veículos preparados, com cabeçote rebaixado, ou turbinados ou com blower, onde a temperatura sobre muito facilmente, o óleo solúvel retém o calor gerado e melhora a troca de calor com o ambiente quando a água circula pelo radiador, não causa ferrugem em nenhuma liga metálica e é neutro no contato com borrachas, juntas, silicones vedadores...
Pra quem tem o carro superaquecendo, que deve estar com a válvula termo travada,, que deve ter o radiador entupido, mangueira rachada, ele não fará milagre, mas pra quem tem o sistema de arrefecimento rodando perfeito e precisa baixar a temperatura pode experimentar...
Na foto o copo da esquerda está com o lubtoll, esverdeado e transparente, com um pedaço de Bombril; no copo da direita está o hydria ep, verde leitoso com um pedaço de Bombril e uma bucha de cobre, ambos já estão nesta situação faz dois meses, e nada de ferrugem, se aparecer ferrugem eu tiro o produto do carro...
Mas e o anticongelante, ele tem? Estamos no outono, do Sudeste pra cima faz 30 graus a tarde, precisa de anticongelante?
Mas e o antifervura, ele tem? O sistema de arrefecimento selado gera pressão e só essa pressão já eleva a temperatura de fervura, então se a válvula termo, o cebolão e ventoinha estiverem funcionando perfeitamente nunca ferverá nem com água pura...
A quantidade que eu uso é de 5% do volume total do arrefecimento, custa uns 35,00 entregue na porta de casa e tem validade média de 24 a 36 meses...


Bange
:: Maxx ::
Mensagens: 3349
Registrado em: Terça-feira 29th 2013f Outubro 2013 06:47:34 PM
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Modelo do veiculo: CORSA WAGON GLS 1.6 MPFI
Ano de fabricação: 1997

Re: [DÚVIDA] - Ajudem-me Troca de água do radiador e reservatóri

Mensagempor Bange » Sábado 14th 2018f Abril 2018 01:32:47 PM

...interessante, mas algumas colocações não fazem muito sentido...

O líquido, seja lá qual for, não deve reter o calor e sim ser um meio eficiente de troca do mesmo...tanto junto aos cilindros (recebendo calor), como ao circular pelo radiador (liberando calor)...se ele "reter", não se presta ao propósito.

Não é o sistema selado que aumenta a temperatura...a temperatura do líquido aumenta devido a fonte de calor (gerada pelas explosões nas câmaras), ser constante e muito alta (mais de 250°C), se não houver um arrefecimento os componentes não suportam...com o sistema selado, as condições são as mesmas para o mesmo motor, esteja ele ao nível do mar ou nos Andes (3 a 4 mil metros de altura). Ele é selado também para que não haja perda de líquido pela evaporação.
Óbvio que com o sistema selado a pressão aumenta, mas só com o surgimento de bolhas próximo ou na temperatura de ebulição da mistura que o líquido tem, mas aí é que entra o arrefecimento forçado (ventoinhas), para evitar isso...quando e se o arrefecimento natural (carro em movimento), não for suficiente.

O que vc chama de antifervura, na realidade é o deslocamento do ponto de ebulição do líquido...ao nível do mar a água ferve a 100°, mas se for adicionado o glicol nesta água, ela só vai ferver acima deste valor (alguns fabricantes falam em 120 ou 130°C), em um sistema aberto...o mesmo raciocínio vale para um sistema fechado (selado ou sob pressão), onde a temperatura de ebulição fica maior, ou seja, se sob pressão se a água ferver com 110°, com o glicol ela passa a ferver com 150° (valores não exatos, pois depende da pressão).
Qualquer coisa que misture com a água alterará seu ponto de ebulição para mais ou para menos, dependendo das propriedades do líquido e de sua densidade.

Então, vc deve buscar as propriedades do produto, ver se ele se enquadra às necessidades do arrefecimento não só para a melhora do mesmo como também para os materiais envolvidos, mas nas condições reais e extremas de funcionamento (pressão e temperatura), ao longo do tempo...este produto é direcionado a usinagem e contém glicol (o mesmo do aditivo) ...vamos aguardar seu depoimento daqui a 10 anos de uso...e não vá tirar férias de inverno em locais com -8°C...




Voltar para “Ar Condicionado, Arrefecimento e Ventilação”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 6 visitantes